09
Set 12

Em 7 de setembro deste desgraçado ano de 2012, com a "candura" dos que soletram um ditado ou uma redacção ouvimos e vimos na TV que é onde tudo se sabe.o Senhor Primeiro Ministro anunciar o "finis patrie" , assim vamos publicar uma carta que serve para memória futura.Eis o essencial da missiva;enviada por Manuel Laranjeira a D.Miguel de Unamuno em 1911. AMIGO!

"SOBRE AS COUSAS DE PORTUGAL DUAS PALAVRAS SÓ PORQUE REPITO:ISTO JÀ NÂO DÀ VONTADE SENÂO DE ESTAR CALADO:

O MAL DA MINHA TERRA,AMIGO,NÂO É A DEMAGOGIA: È A INEPÈCIA.EM PORTUGAL NÂO HÀ DEMAGOGIA:FALTA-NOS FANATISMO CÍVICO PARA ISSO.EM PORTUGAL O QUE HÁ É UMA INVERSOSÍMIL COLLECÇÃO DE IDIOTAS.

A DEMAGOGIA É UM MAL,COMO TUDO O QUE É SECTARISMO;MAS É UM MAL QUE PODE SER COMBATIDO E DESTRUÍDO.A IMBECILIDADE,ESSA É QUE É UM INIMIGO INVENCÍVEL.

FEZ-SE A REVOLUÇÂO.FOI UMA VERDADEIRA REVOLUÇÂO? NÃO;FOI APENAS UM POVO QUE MUDOU DE TRAJE.POR DENTRO ESTAMOS NA MESMA.O NOSSO GRANDE MAL É PENSAR COMO AQUELES ÍNDIVIDUOS QUE SE JULGAM HYPERCIVILIZADOS;SÓ PORQUE ANDAM VESTIDOS PELA ÚLTIMA MODA DE PARIS.

A REVOLUÇÂO POLÍTICA PARA SER FECUNDA TINHA DE SER ACOMPANHADA D`UMA REVOLUÇÂO INTELECTUAL QUE NÂO SE FEZ;NEM HÁ ÍNDICIOS DE FAZER-SE.O POVO PORTUGUEZ APRESENTA-SE AO MUNDO CIVILISADO POR FORA,E O QUE É PRECISO FAZER; O QUE È URGENTE FAZER,É CIVILISA-LO
POR DENTRO.MAS NISSO NINGUEM PENSA,TÃO CONVICTOS ESTÃO TODOS DE QUE PARA CIVILISAR UM POVO BASTA FAZER-LHE MUDAR DE GRAVATA.

EIS PRECISAMENTE O NOSSO MAL:É NINGUEM SENTIR NECESSIDADE DE FAZER CULTURA,É NINGUÈM COMPREENDER QUE A INTELLIGÊCIA É O GRANDE CAPITAL DOS POVOS MODERNOS E A CULTURA A MAIS FECUNDA DAS REVOLUÇÕES.

SOMOS INCULTOS MAS ESSE NÃO É O MAL IRREMEDIÁVEL:O MAL IRREMEDIÁVEL É A INÈPCIA,É NINGUEM TER A COMPREHENSÂO (OU O PRESSENTIMENTO SEQUER) DO QUE SEJA-A CULTURA.O TERRÍVEL É NÃO SENTIRMOS O DESEJO DE SER CIVILIZADOS E CONTENTARMO-NOS SÓ EM
PARECE-LO.

E SENÂO VEJA O GOVERNO DA REPÚBLICA ACABA POR EXEMPLO DE DECRETAR A FUNDAÇÃO DE MAIS DUAS UNIVERSIDADES,UMA EM LISBOA OUTRA NO PORTO,QUANDO O QUE HAVIA A FAZER;ANTES DE TUDO;ERA DEMOLIR AQUELA QUE EXISTE.TRÊS UNIVERSIDADES N`UMA TERRA ONDE MAL SE PODEM ARRANJAR PROFESSORES PARA UMA SÓ!

UM DOS FLAGELLOS DE PORTUGAL ERA O ANALPHABETISMO DO POVO: AGORA CHOVE-NOS MAIS ESTA PRAGA,-O ANALPHABETISMO DOS DOUTORES.

E É ASSIM QUE A INÉPCIA DESTA GENTE CONFUNDE CULTURA COM DIPLOMA E JULGA QUE PARA CIVILIZAR O POVO BASTA INFECTAR O PAIZ DE DIPLOMADOS.

QUANTO Á INTELLIGNCIA, ESSA CONTINUA A VALER O MESMO-NADA;E O SEU PODER CREADOR,COMO D`ANTES,CONTINUA A SER ABAFADO,INUTILIZADO,PELA IMBECILIDADE MASSISSA DOS NOSSOS PROHOMBRES (NÃO É ASSIM QUE SE CHAMA EM HESPANHA A ESTA ESPÈCIE DE IDIOTAS?)

E BASTA SOBRE COUSAS D`ESTA..."

Se adaptarmos a Revolução ao 25 de Abril,e descontarmos episódios que se reportam ao tempo,como o das Universidades ,tudo o resto se adapta ao presente como uma luva.Face á situação dolorosa em que vive a maioria da população,em contraste com a ostentação de governantes e especuladores financeiros , é caso para citar Unamuno: Senhor Nosso porque nos abandonas-te?


Setembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


arquivos
2015

2014

2013

2012

2011

2010

2009

2008

pesquisar neste blog
 
blogs SAPO